Postagem em destaque

Reportagem do Portal Mojuí na Íntegra é hostilizada em escola do município

Na manhã de hoje, 11 quando nosso repórter Arnaldo Santos foi à escola Municipal Arthur Calazans no bairro Alto Alegre em Mojuí dos Campos ...

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Mojuí dos Campos: Carnaval já tem data e local definidos

Cartaz oficial do carnaval mojuiense 2017
De acordo com as informações de Rosélio Pontes um militante dos movimentos carnavalescos em Mojuí dos Campos a programação do Carnaval deste ano na "cidade dos retirantes" já está concluída. 
O local de apresentação dos Blocos carnavalescos da cidade será a Praça da Matriz na parte central da Cidade na noite de 27 de fevereiro a partir das 19  horas.
Este ano três blocos de empolgação vão animar o carnaval mojuiense sendo eles: Glu Glu, Piriguetes e Wattsapp, que inclusive já fizeram seu lançamento e estão com abadás a venda no valor de R$ 20,00 (vinte reais).
De acordo com o que informou na Câmara o prefeito Jailson Alves o Carnaval desse ano terá um investimento da Prefeitura de 7 a 10 mil reais.
Corrigindo a informação sobre o local recebemos a notificação de que o carnaval mojuiense será na quadra de esportes ao lado do Campo Nogueirão.
Antes da publicação desta matéria tentamos encontrar a coordenação deste evento, mas não tivemos informações de quem são os coordenadores.






Mojuí dos Campos: Balneário no centro da cidade revitalizado

Pontes de acesso estavam precisando de reparos.
Apesar de estar no coração da cidade e ser um atrativo ao morador e ao visitante o Balneário Beira ou Cai N'água para muitos estava abandonado com bastante mato nas laterais e as pontes de madeiras estragadas se tanta condição para continuar sendo o ponto de encontro e de refrescar a memória ao banhistas.
Nos últimos ganhou uma ação de limpeza e revitalização de pontes

por parte de uma equipe da Secretaria de Infraestrutura que deixou o local mas receptivo.
Após revitalização local fica mais aprazível
O município e a população ganham com esse tipo de trabalho que busca manter atrativos os locais de lazer que existem.
Era comum aos finais da tarde o Balneário está tomado por pessoas da Cidade e ouros lugares.
O balneário fica no rio Mojuí que está ameaçado pelas invasões de suas marginais e cabeceiras além dos esgotos da cidade que são despejado diretamente no manacial sem nenhum tratamento.
Espera se que com a efetivação da Secretaria de Meio Ambiente medidas emergenciais sejam  tomadas pelo bem do igarapé que banha a cidade e diversas comunidades.

Carreteiro mojuiense enfrentando dificuldades para trafegar na BR 163

BR 163
Carreteiro Manoel Carneiro
O carreteiro mojuiense da gema e atualizado nas informações Manoel Carneiro enviou ao Blog do Eduardo Enrique fotos tiradas no dia de ontem da BR 163 no trecho entre a vila Caracol e a comunidade Três Bueiros no município de Trairão no Oeste do Pará
De acordo com Manoel em mensagem enviada ao Blog pelo Facebook levou 11 dias para percorrer um trecho de 35 km.
Manoel Carneiro segue com destino ao estado do Mato Grosso.
Abaixo fotos do trecho citado








Manoel além apaixonado pela estradas (motorista de carreta rodotrem na  Transportadora Batista Duarte também sua parte como jornalista cidadão mostrando as dificuldades que enfrenta no exercício da profissão fazendo uma espécie de correspondente voluntário do Blog

Mojuí dos Campos: Respeitar é ter Direitos realiza caminhada de conscientização



De acordo com a programação do Conselho Tutelar de Mojuí dos Campos na Tarde de hoje uma caminhada deve ganhar as ruas da cidade de Mojuí dos Campos com o objetivo de chamara a atenção da população para o respeito ao direito da Criança e Adolescente.
A caminhada é iniciativa da Paróquia Santo de Pádua e Conselho Tutelar através do Projeto Respeitar é Ter Direitos.
" Esse projeto é uma forma de conscientização para abrir a mente das crianças e adolescentes para não infringirem seus direitos no período de carnaval" ressaltou Kennedy Soares Conselheiro Tutelar.
A caminhada deve sair da quadra poliesportiva ao lado do Campo Nogueirão as 18 horas e vai encerrar na praça da matriz.
Além dos proponentes a caminhada deve ter adesão da Prefeitura Municipal e também de outras lideranças religiosas do município.

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Mojuí dos Campos: Após indicação de vereador eleito pela oposição Prefeitura inicia desobstrução de canaletas da PA 431 no trecho urbano.

Após chuva forte trecho fica totalmente alagado por falta de drenagem e desobstrução de canaleta na PA 431 Bairro Vila Nova

Dois problemas há meses reclamados por moradores do Bairros Esperança e Vila Nova em Mojuí dos Campos no Oeste do Pará começam a ser resolvidos.
A PA 431 que nesse trecho recebe o nome de Estrada de Rodagem estava com a canaleta que serve para drenar as águas pluviais e até domesticas até o Rio Mojuí estavam totalmente obstruídas com mato e lama e ontem começaram a receber trabalhos de desobstrução. Em material enviado mandado a nossa reportagem o Vereador Jamilson PTN (eleito pela oposição) confirma que esse trabalho é em resposta a indicação apresentada por ele na Câmara de Vereadores do município.
A indicação foi aprovada na sessão do dia deste mês.
Na manhã desta quarta feira,22 os servidores da Prefeitura ligados a Secretaria Municipal de Infra estrutura iniciaram os trabalhos de desobstrução.

Outro trabalho que também está sendo feito atendendo a indicação do vereador é a colocação de luminárias nesse mesmo trecho da PA 431 que estavam as escuras.
Ainda com relação a PA 431 no trecho urbano o Blog tem recebido reclamações sobre uma construção no Bairro na esquina da PA com uma rua daquela Rodovia e que deixou restos de materiais jogados sobre a canaleta e isso dificulta o escoamento da água.
Passamos a reclamação ao Secretário de Infra Estrutura e até essa publicação não nos informou de quem é a obra e se vai notificá-la sobre o impedimento de trafegabilidade em passeio público (espaço reservado a calçada). 
Quanto a obstrução de passeio público a Prefeitura deve tomar atitudes com relação a residencias que estão impedindo a trafegabilidade de pedestres nas marginais da PA 431 com pequenas cercas, material de construção, muretas ( Lei da Acessibilidade). Esses espaços deveriam receber calçamento para atender as pessoas que fazem caminhada na cidade e tem que disputar a rua com carros, motos e bicicletas.

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Educação: Moradores de São Pedro Rio Arapiuns preocupados com o baixo rendimento da escola recorrem ao MP para ter o direito de mudar os funcionários que contribuem para o problema


Indignação:
Enquanto Comissão reunia com vice prefeito, o restante da Comitiva aguardava com cartazes em baixo, na Prefeitura
Cerca de 60 Moradores da Comunidade São Pedro Rio Arapiuns vão nesta manhã, 21 ao Ministério Publico Estadual para apresentar reclamação contra a Prefeitura de Santarém por arbitrariedades e na condução da lotação de funcionários da Escola Municipal São Pedro.
Comissão reunida com vice prefeito
Os comunitários representados pela Associação de Moradores reclamam que a Prefeitura não considerou ao pedido dos mesmos de não lotar funcionários que apresentaram durante o período letivo passado atitudes contra a ordem pública e desrespeito a organização comunitária.
Na manhã de ontem os comunitários tiveram uma reunião com o vice-prefeito José Maria Tapajós, para eles o maior responsável pelo clima desagradável que se instalou na comunidade, pois quebrando um acordo entre a comunidade e SEMED  e atendendo um grupo familiar autorizou a lotação dos funcionários que a comunidade não aceita.
José Maria Tapajós por sua vez disse não ter nenhum envolvimento com a lotação e que apenas buscou manter os funcionários que já estavam na escola e que isso não é compromisso político, pois há muito não tem contato com o grupo familiar de São Pedro.
Em mais de horas de conversas o vice- prefeito foi irredutível e arbitrário, pois não chamou ou encaminhou a situação a Secretária de Educação ou ao Prefeito, já que Nélio se encontrava em Santarém e desta forma não deu nenhuma resposta satisfatória as lideranças comunitárias.
Segundo a presidente da Associação da Comunidade Jana Jordana “O temor é pelo clima tenso que se encontra a comunidade com toda essa situação armada”.
Após não serem atendidos por José Maria Tapajós os moradores decidiram que a escola deve ficar sem aula.
Para que se entenda o caso.
No final do ano passado o diretor da escola juntamente com o Conselho Escolar convocou uma reunião para que a comunidade pudesse avaliar e dar sua opinião quais os profissionais poderiam continuar este ano na escola.
A primeira reclamação dos pais foi com relação ao desempenho escolar que caiu nos últimos anos e a falta de Apresentação de um Plano de Ação pela Coordenadora Pedagógica da Escola e também a dedicação dos próprios professores e suas condutas tanto na escola e fora dela que estavam causando um conflito entre os moradores.
Diante da situação ficou certo a saída de 06 funcionários, incluindo a Coordenadora Pedagógica e duas professoras que pelas informações não apresentaram documentos de graduação.
Diante da situação e das amarrações politicas no período de lotação no dia 31 de janeiro os comunitários foram  chamados até a SEMED onde entraram em consenso e três funcionários voltaram a ser lotados, mas três que não apresentaram documentos de graduação ficaram de fora.
O diretor da escola foi notificado da lotação e recebeu os memorandos dos funcionários lotados, inclusive dos novatos e todos foram para a comunidade com esta decisão.
E no dia que era pra começar as aulas um cidadão de prenome Carlinhos chegou à escola dizendo que havia derrubado o cavalo e que com a ordem das autoridades suas filhas voltariam a trabalhar na escola, de acordo com que relataram as lideranças na reunião como vice prefeito. O diretor achou estranho por que não havia sido notificado pela SEMED sobre mudanças no quadro de lotação da escola. E aí começou o impasse, pois os pais procuraram as lideranças para saber o que tinha acontecido, por que duas lotações e o clima esquentou na comunidade, pois os pais afirmam que com a volta desses funcionários seus filhos não vão frequentar a escola. E por isso que ontem vieram a Prefeitura.
Ontem durante as legais representatividades da Comunidade São Pedro durante a leitura de uma ata de reunião pelo Secretário de Gabinete Erasmo Maia - que participou do inicio da reunião – ficaram sabendo que o vice-prefeito, em exercício do cargo máximo do município recebeu uma comissão de pessoas de uma família da comunidade, como diretoria da Comunidade, no dia 13 de fevereiro e fizeram como consta na ata mudanças na lotação da Escola São Pedro.
Estavam presentes na Reunião do dia 13 a Secretaria de Educação, Assessora de Rios da SEMED, o presidente do SINPROSAN Josafá Gonçalves, o vice-prefeito e a comissão familiar de São Pedro.
De acordo com a ata os participantes da Comissão fizeram serias acusações contra o diretor da escola como venda de merenda escolar o que poderia render a ele um processo administrativo caso não aceitassem a lotação segundo o vice-prefeito na reunião de ontem. O diretor por sua vez se defendeu da acusação, explicou o fato corrido em 2015, onde em concordância dos pais trocava alimentos desperdiçados na escola com comerciantes. Como o caso chegou a SEMED, foi aconselhado a parar com a prática e o caso foi encerrado.

As 03 funcionarias que não haviam apresentado documento de graduação até o dia da lotação (31 de janeiro) durante essa reunião do dia 13 de fevereiro apresentaram documentos comprobatórios de suas formações.
O presidente do SINPROSAN pediu que as mesmas a levassem até a sede da entidade para que comprovassem se a faculdade tinha curso reconhecido pelo MEC e a pouco entramos em contato com Josafá e nos informou que as mesmas ainda não foram a Sindicato.
Sem nenhuma resposta favorável a Comissão após três horas de reunião integrantes mostram seu descontentamento com o vice prefeito
Hoje às 10 horas as lideranças vão ao Ministério Publico fazer suas reclamações sobre como a educação de São Pedro não está sendo levado muito a sério. E que a mudança que eles aguardavam do Governo atual está se tornando uma avacalhação, onde muitos mandam e não respeitam a Lei de Gestão Democrática das Escolas, tirando a autonomia do diretor que foi eleito pela comunidade escolar e que convive com a realidade da comunidade e é por isso que pede o apoio da Comunidade para tomar sua decisão, disse uma moradora que acompanha a comissão de moradores de São Pedro.

A comissão de 60 moradores tem a frente a Associação de Moradores da Comunidades e o Conselho Escolar.

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

Mojuí dos Campos: Presidente do Legislativo vai buscar parcerias para adquirir transporte

Enquanto Câmara de Mojuí dos Campos corre em busca de um na frente do INCRA em Santarém vários carros estão parados
Mais uma tentativa do presidente da Câmara de Vereadores é buscar parcerias com órgão federais e estaduais para conseguir um veículo que possibilite aos funcionários e também aos vereadores facilidade no exercício de suas atividades como protocolar documentos, visita as comunidades e da própria mesa diretora.
O vereador deve procurar o INCRA para tentar uma parceria.

Presidente se não tiver muita burocracia o senhor deve ser atendido, pois há muitos veículos abandonados na Superintendência Regional 30 em Santarém.

Famílias não dão muita importância para o CRAS, mas atendimentos e serviços estão sendo oferecidos.

O Centro de referencia de assistência social passando de um ano e meio de atendimento em Mojuí dos Campos continua realizando prestando os serviços à população como destacou o coordenador do centro Raimundo Élisson ao Blog sobre o atendimento a Pessoa Idosa.
“Continuaremos com os atendimentos psicossociais, convivência e fortalecimento de vínculos principalmente aos idosos com mais de 60 anos e a partir deste vão reiniciar suas atividades”.
Raimundo destacou a ação que o CRAS fez junto com os idosos no inicio do ano com a participação da banda de musica do IFPA (Instituto Federal e Tecnológico do Pará) como uma atividade inaugural dos trabalhos no CRAS em 2017.
O CRAS ainda encontra impasses no município para realizar o cadastro de famílias do . Esse cadastro será essencial para que novos serviços e programas de ação social sejam implementados em beneficiem a população.
Atualmente os técnicos do CRAS fazem busca ativa já que as famílias desconhecem a importância do cadastro lamentou o coordenador.

As famílias mojuiense devem procurar o CRAS para realizar o cadastro em horário comercial na Rua Rui Barbosa no Bairro Esperança.

Ultimo procurador da primeira legislatura está de volta ao cargo na Câmara de Vereadores e fala de sua felicidade em ter seu trabalho reconhecido.

Logo que Marco Antônio assumiu a presidência da Câmara dispensou seus serviços e ficou aquela dúvida será que o jovem advogado Wallace Pessoa vai voltar para a Procuradoria da Câmara Municipal de Mojuí dos Campos.
Mas na sessão de abertura dos trabalhos legislativos de quarta feira passada, 01 lá estava ele de volta ao cargo que exige bastante de um profissional.
Convidado pelo Blog não se recusou a conceder entrevista respondendo aos questionamentos da reportagem.
Mesmo a pouco tempo na advocacia Wallace se mostrou maturidade e segurança ao responder as perguntas que questionaram seu trabalho e sua relação familiar.
Wallace lembrou que aprendeu bastante durante o primeiro ano que esteve na Procuradoria e não esqueceu que precisa aprender muito para ajudar o Município.
O jovem advogado disse estar feliz em retornar ao cargo na Casa, sinal de que o presidente atual reconheceu seu profissionalismo. Wallace se tornou procurador a convite de Izailton quando era presidente.
Questionado se a ocupação do cargo é indicação de seu pai, o vice-prefeito e secretário de Educação Juvenal Arruda, Wallace garantiu que não, que com certeza assim como da primeira vez estar no cargo por reconhecimento de seu profissionalismo.

“ As pessoas tem que ver que o procurador da Câmara não é o filho do Juvenal, do vice-prefeito, é um filho de Mojuí que estudou e ocupa um cargo importante em Mojuí e que faz por merecer entregando os trabalhos em dias, os pareceres, então por mérito não é por que ainda não houve concurso. A chegada aqui foi por indicação (do vereador Izailton) mas a permanência foi por dedicação e responsabilidade de minha parte e reconhecimento por parte do presidente” explicou o Procurador.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

Sem três membros da Mesa Diretora Sessão é conduzida por 2º Secretário

Sessão histórica presidida pelo 2° secretario da Casa. No Plenário 02 vereadores. Foto Lucídio 
A sessão da Câmara de Vereadores de Mojuí dos Campos no Oeste do Pará deste 15 de fevereiro de 2017 vai entrar para a história do Poder Legislativo local. Não por ser a terceira do primeiro período da segunda legislatura e nem talvez pelos trabalhos apresentados e aprovados ou ainda pelo grau de debate dos parlamentares, mas por ser a primeira a ser conduzida no mais novo legislativo da Amazônia pelo segundo secretário o vereador Beto Farinha, PSDB.
Para compor a Mesa foram convidados os vereadores Izailton de Sousa, PSDB e Everaldo Camilo, PMDB enquanto que no plenário se encontravam de um lado o vereador Arnaldo Galvão, PSC e e de outro Jamilson do Povo, PTN.
Os três primeiros membros da Mesa Diretora Marco Antonio-Presidente, Suely do Baixinho Construção-vice e Jesa do Palhalzinho- 1º Secretário estão em Belém, juntamente com o vereador  Teté na comissão de vereadores que acompanha o prefeito do município Jailson Alves.
A forma encontrada de contar essa parte da história foi esse texto, não conseguimos registros fotográficos para ilustrar nosso registro histórico do legislativo mojuiense.

Onibus com acessibilidade a cadeirantes começam a circular na linha intermunicipal

Desde o início da semana novos ônibus começaram a circular na linha intermunicipal Mojuí dos Campos/ Santarém.
Pepa: Ônibus com acessibilidade começa a operar linha intermunicipal. 
A circulação é uma forma de dar mais comodidade ao usuário e oferecer melhores condições do serviço para os cadeirantes. A empresa Pepa desde que começou a operar a linha intermunicipal sempre procurou atender as necessidades do usuário, o que expressou seu proprietário Daniel Ribeiro.
No inicio deste mês a empresa mostrou mais uma vez que está para atender a população mojuiense. 
Quando chegou ao proprietário através do Grupo de Wattsapp Portal Mojuí na Íntegra a preocupação de muitos universitários que começariam a estudar dia 1° e o linhão universitário só voltaria a partir do dia 06.
Rapidamente o proprietário colocou um antecipou a volta do linhão para atender a classe estudantil.

Mojuí dos Campos: Emendas parlamentares garantem 400 mil para construção de prédio da Câmara de Vereadores

Vereadores vão ter casa própria para legislar
De acordo com informação repassada por Marco Antonio presidente do Legislativo Mojuiense a ida da Comissão de Vereadores a capital do estado está sendo produtiva  e conseguiu a garantia junto a parlamentares de emenda parlamentares.
As emendas são para a construção do prédio da Câmara Municipal.
Os recursos para a construção vem de emendas do deputado Marcio Miranda presidente da ALEPA no valor de 200 mil,Junior Ferrari 100 mil e Cilene Couto 100 mil, totalizando 400 mil para a construção do "Palácio dos Retirantes Nordestinos".
O local para escolhido para a construção será a área do antigo e histórico Centro de Desenvolvimento Comunitário de Mojuí dos Campos.
Com prédio próprio a Câmara deixará de gastar anualmente R$21.600 (vinte um mil e seiscentos reais) com aluguel.

Novo prazo para a conclusão da reforma e ampliação do Hospital Municipal de Mojuí dos Campos

Comissão de Vereadores, Prefeito Jailson e Vice Governador Zequinha Marinho: Boas Notícias para Mojuí dos Campos
Reforma e ampliação do Hospital Municipal de Mojuí dos Campos, obra que já se arrasta a exatos três anos nesta terça feira ganhou mais um capítulo. Assinatura do 3º termo de aditivo para conclusão da obra.
A obra que tinha valor iniciado de mais de  01 milhão e 700 mil reais estava parada por falta de repasses de valores já empenhados a empresa executora do serviço, segundo o prefeito nos confirmou em outra ocasião.
Pelo novo termo assinado nesta terça feira, 14 a obra de reforma e ampliação deve ser concluída até 17 de setembro deste ano e a prestação de contas deve ser feita até 17 de novembro.
O aditivo para a obra é uma conquista da comissão de vereadores que está em Belém liderada pelo prefeito Jailson da Costa.
Fazem parte da Comissão o presidente do Legislativo Marco Antonio (PSDB), a vice presidente Suely do Baixinho Construção (DEM), o primeiro secretário Jesa do Palhalzinho (PSC) e o vereador Teté (PSDB).

terça-feira, 14 de fevereiro de 2017

Mojuí dos Campos: vereador garante ser mais atuante para ter seu nome a disposição para a Prefeitura em 2020

Vereador Izailton ainda ver longe a Prefeitura de Mojuí dos Campos
Apesar de reeleito o vereador Izailton de Sousa PSDB faz nesta legislatura sua estreia no plenário da Casa, já que na primeira
legislatura esteve na Mesa Diretora [Secretário (2013/2014) e Presidente (2015/2016)]
Como presidente teve que intermediar em problemas como no fechamento da PA 431 quando houve aumento da passagem intermunicipal e também como escudeiro do Executivo nas aprovações do Plano Decenal de Educação e Aumento de Subsídios do Executivo e nesse imbróglio irou as costas para o PLIP protocolado na contramão do projeto que beneficiou o Executivo. Ah quem diga que passou por cima do Regimento Interno e Lei Orgânica Municipal. Mas sempre soube contornar as situações com seu jeito sorridente e jovial que envolvia as pessoas com seu discurso que herdou dos anos de movimento estudantil em Santarém.
Aí veio os questionamentos do Blog do Eduardo Enrique sobre a atuação do vereador que vai ter que se esforçar para ganhar os holofotes e continuar em destaque.
Izailton como bom politico desconversou e afirmou que vai atuar da mesma forma como atuou na primeira legislatura só que agora mais participativo e mais próximo da população, visitando as comunidades e apresentando suas demandas ao Executivo municipal e até as representações com quem tem afinidade na esfera estadual.
Uma das atuações do vereador vai estar voltado para os moradores dos Rios Moju, Mojuí, Poraqué e Curuá-Una atingidos pelo Lago da Barragem de Curuá Una. Para o vereador é lamentável o descaso e abandono daquela população desde a época de Santarém. A região nunca foi compensada pelo alagamento de suas terras e há dois anos sofre com a seca do Lago e nenhum benefício foi proposto para minimizar o sofrimento.
“preocupação muito grande, pois não é de hoje essa situação. Tantos os impactos ambientais que ainda nunca foram revistos, ou melhor, vistos por parte da empresa e pelo município também. Então a gente tem que formar uma força tarefa em
todos os aspectos, tanto na parte ambiental como na parte social, verificando as escolas que não tem água e junto Câmara e Executivo buscar amenizar o problema” desabafou o vereador.
Izailton disse não acreditar que a seca do Lago seja por fator climático e que é preciso visitar as comunidades e compreender a causa da seca que prejudica a população e exigir da empresa que gerencia a Hidrelétrica uma resposta sobre as causas da seca.
Questionado se sua atuação vai estar voltada para apresentar seu nome ao majoritário municipal em 2020, Izailton desconversou: “sou um soldado do partido e que se o partido precisar estarei pronto para lutar”.
Insistimos e ao fazermos a suposição do partido apresentar outro nome se sairá do partido para concorrer a Prefeitura Izailton sorrindo tranquilizou: “tá muito cedo, tá muito cedo...”

STTR de Mojuí dos Campos inicia Seminários sobre o Cadastro Ambiental Rural

A chuva dificultou a chegada de agricultores ao seminário
No último sábado 11 foi realizado o primeiro Seminário denominado: “Compartilhando informações e Integrando Saberes sobre o CAR” do projeto coordenado pelo Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Mojuí dos Campos – STTR/MC.
O seminário teve como sede a comunidade Baixa da Onça teve como público alvo moradores de 12 comunidades da Região: Santarém Jabuti.
Devido à chuva forte que caiu naquela manhã ficou difícil à chegada das pessoas ao local, mas mesmo assim o seminário foi realizado, que além de moradores e diretoria do Sindicato teve a presença de representante da Emater, Projeto CAR Oeste do Pará e Fetagri.
O presidente do STTR em entrevista a reportagem agradeceu ao recurso oferecido pelo Fundo Dema e Fundação Ford para a execução do projeto de esclarecimento da população rural de Mojuí dos Campos sobre o CAR e também ao STTR de Santarém, Emater e Fetagri pela parceria.
Valdir - presidente do STTR/MC
De acordo com Valdir é necessário o esclarecimento para que a população possa acelerar a busca por seu cadastro ambiental rural e que ele possa ser tirado de forma responsável. “apesar da chuva que dificultou a chegada dos agricultores podemos dizer que o seminário foi bom por que esclareceu muita coisa. Esse é o primeiro e outros vão ser realizados”
Uma das preocupações de Valdir com o Cadastro é com os moradores do PAC BOM SOSSEGO. Cadastro não pode ser feito naquela região pela mesma encontrar – se embargada pela Justiça. O sindicalista pediu a Justiça que se manifeste em favor daquela população.
Os seminários que vão ser realizados em Mojuí dos Campos contam com a parceria do Projeto CAR Oeste do Pará do STTR de Santarém que tem como objetivo principal fomentar o CAR participativo, como relatou o Coordenador Jorge Oliveira que participou do seminário como palestrante.
Jorge Oliveira coordenador Projeto CAR Oeste do Pará
A nossa experiência está sendo muito apreciada em todas as regiões do país e aqui não é diferente, viemos para compartilhar nossa experiência e nosso conhecimento. Por que entendemos que é preciso que o agricultor compreenda como ocorre a elaboração do CAR, que ele participe da elaboração para que o documento contenha todas as informações do seu imóvel, pois este documento vai conter todos os dados e vai acompanha-lo para toda a vida- informou Jorge.
O próximo seminário será na comunidade Boa Sorte e vai atender as comunidades da Região Curuá Una.
EMATER tem parceria com o STTR para emissão do CAR.
Durante o Seminário os moradores foram in
formados sobre a parceria existente entre a EMATER – escritório de Mojuí dos Campos e STTR para a elaboração do Cadastro Ambiental Rural.

De acordo com André Sousa que representou a EMATER os agricultores devem procurar a sede do STTR e para fazer a solicitação de elaboração do CAR. Com as demandas em mãos o STTR repassará a EMATER que enviará técnicos até as comunidades nas propriedades dos agricultores para a coleta de dados.
Na parceria também o STTR servirá o serviço de internet para que os técnicos acessem a plataforma de elaboração do CAR.
Além da EMATER a Secretaria Municipal de Meio Ambiente também dispõe de técnicos que fazem a coleta de dados para a elaboração do CAR conforme informou André.

Famílias não dão muita importância para o CRAS, mas atendimentos e serviços estão sendo oferecidos.

O Centro de referencia de assistência social passando de um ano e meio de atendimento em Mojuí dos Campos continua realizando prestando os serviços à população como destacou o coordenador do centro Raimundo Élisson ao Blog sobre o atendimento a Pessoa Idosa.
“Continuaremos com os atendimentos psicossociais, convivência e fortalecimento de vínculos principalmente aos idosos com mais de 60 anos e a partir deste vão reiniciar suas atividades”.
Raimundo destacou a ação que o CRAS fez junto com os idosos no inicio do ano com a participação da banda de musica do IFPA (Instituto Federal e Tecnológico do Pará) como uma atividade inaugural dos trabalhos no CRAS em 2017.
O CRAS ainda encontra impasses no município para realizar o cadastro de famílias do município. Esse cadastro será essencial para que novos serviços e programas de ação social sejam implementados em beneficiem a população.
Atualmente os técnicos do CRAS fazem busca ativa já que as famílias desconhecem a importância do cadastro lamentou o coordenador.
As famílias mojuiense devem procurar o CRAS para realizar o cadastro em horário comercial na Rua Rui Barbosa no Bairro Esperança.

Mojuí dos Campos deverá ser interligado por fibra ótica

Fibra ótica pode se tornar realidade em Mojuí dos Campos no Oeste do Pará
Tudo depende da PRODEPA (Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará) estatal do Governo do Estado atender a solicitação do município de Mojuí dos Campos. A solicitação requer da estatal que a partir da Fibra ótica que passa na BR 163 (Santarém Cuiabá) comunidade São José seja feita uma ramificação até a sede do município.
Atualmente a cidade é servida por internet da operadora de telefonia Móvel Vivo e também por provedores que não satisfazem as necessidades da população e também de órgãos municipais e estaduais.
A Prefeitura local faz um gasto mensal de 15 mil para manter a estrutura administrativa conectada e funcionando para prestar serviços essenciais de um município.
Essa solicitação está na pauta da Comissão de vereadores e prefeito que vai a Belém nos próximos dias.
De acordo com o relato do prefeito do município a ligação da cidade com a fibra ótica vai oferecer internet de qualidade e gratuita não só para servir estrutura administrativa, mas também a população no geral, principalmente os empresários que precisam emitir uma nota fiscal eletrônica ou acessar endereços necessários e os estudantes que precisam fazer pesquisas destacou o prefeito.
A proposta é de que a ramificação da fibra ótica venha da comunidade São José pela PA 431 o prédio da Secretaria Municipal de Gestão de onde será descentralizada para outros setores e pontos da cidade.
O trecho entre a BR 163 a cidade de Mojuí dos Campos tem 13 quilômetros.

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2017

Mensagem diz tudo sobre o carinho que amigos tinham por irmão Orlando

 A mensagem foi postada pela integrante de pré nome Auristela no Grupo de wattsapp Portal Mojuí na Íntegra e mostra carinho que amigos tinham por irmão Orlando que faleceu na manhã de hoje no Hospital Municipal de Santarém.
Que esta seja a mensagem dos demais integrantes que se unem em um momento de dor e solidariedade cristã para dar o último adeus ao Homem que serviu a Deus e ao povo.             
[13:23, 13/2/2017] Auristela : Nem as palavras mais bonitas deste mundo poderiam trazer algum tipo de alegria para o dia de hoje. A saudade conseguiu preencher todos os espaços das nossas vidas, inclusive aqueles que por algum motivo continuavam livres.
O vazio deixado pela ausência é imensurável com a pura certeza que jamais será novamente ocupado. Por mais que os segundos passem a dor não minimiza e a aquela incerteza de como será possível seguir em frente nos próximos dias, só complica ainda mais os pensamentos confusos que invadiram as nossas vidas.
Mas o pior de tudo isso é ter a certeza que é preciso encontrar forças, mesmo que por dentro não consigamos acreditar que elas existem. Encontrar a esperança em um dia tão triste pode até ser improvável, mas nunca impossível. Apesar da dor e do sofrimento, não podemos ignorar que é realmente necessário segui em frente.
A saudade será eterna e a presença não poderá mais ser sentida, mas as lembranças dos bons momentos vividos são um ótimo conforto, que permanecerá para sempre conosco. O tempo necessário para toda esta dor ir embora é ainda indeterminado, mas todos os dias em que a coragem de seguir em frente vencer a tristeza devem ser devidamente comemorados.                              
 #Luto #Meus_Pesames #Descanse_Em_Paz_Irmão_Orlando

Mojuí dos Campos de luto: Irmão Orlando foi chamado para a morada eterna

Irmão Orlando serviu a Deus e ao seu povo. Mojuí sentirá sua falta
Hoje pela manhã ganhou destaque nas redes sociais e nos grupos de wattsapps da Cidade de Mojuí dos Campos o falecimento de Orlando Sousa Santos, o Irmão Orlando como era conhecido pelos amigos da pequena cidade do Oeste do Pará.
O falecimento do Irmão Orlando se deu no Hospital Municipal de Santarém na manhã desta segunda feira, 13. Antes o religioso havia entrada na Unidade Básica de Saúde do município. 
Com essas informações entramos em contato com a enfermeira Aline Melo que o encaminhou da Unidade para o Hospital para que explicasse sobre como foi o procedimento realizado ainda em Mojuí dos Campos. Aline via wattsapp repassou ao Blog do Eduardo Enrique sobre o corrido:
 "Olha Eduardo o irmão Orlando chegou na Unidade pela manhã (domingo) se reclamando de fortes dores abdominais, com a pressão oito por seis, mas foi feito o atendimento (foi atendido pelo enfermeiro de pré-nome Fredson) e saiu do local bem melhor... ,as quando foi por volta de uma hora da manhã de hoje (segunda) retornou a Unidade e se encontrou comigo (Aline) com fortes dores abdominais dores nas pernas e a glicemia um pouco baixo, pressão 12/6. Fiz a medicação... a única coisa que me pedia que passasse uma medicação que pudesse aliviar as dores das pernas. Conversei com ele e vi que estava muito cansado e como me falou que havia feito um exame e receberia o resultado hoje... resolvi encaminhá-lo ao Hospital Municipal de Santarém o que ocorreu... Quando a tecnica que o acompanhou retornou de Santarém ela me falou que (Orlando) foi chegando no Municipal e passando direto para a reanimação".
Irmão Orlando era presbítero da Igreja Evangélica Assembleia de Deus e na eleição municipal passada concorreu a vereador em uma coligação de apoio ao atual prefeito Jailson Alves.
O pároco de Santo Antonio de Pádua se solidarizou pelo Grupo de Wattsapp Portal Mojuí na Íntegra:
Pe Angelo: Minhas condolências aos familiares do sr. Orlando Sousa dos Santos ....minhas orações e abraços fraterno a todos os amigos deste irmão...Para os que creem a morte é apenas uma passagem...pois todos passaram por esta experiência ....portanto...vamos aproveitar nossa vida ...pois chegará o nosso tempo.

O prefeito interino Juvenal Arruda baixou um decreto de luto de três dias no município. Orlando era servidor da Prefeitura



O prefeito Jailson da Costa que chegou nesta manhã em Belém está encontrando dificuldades para retornar ao município devido as fortes chuvas que caem na capital do estado e talvez não chegue a tempo de participar da despedida do amigo emitiu uma nota pelas redes sociais.


Até a publicação fomos informados por amigos de que o corpo será levado para a Igreja Assembleia de Deus para receber as visitas de seus amigos.










Moradora em busca de apoio para a conclusão de uma Casa de Apoio na Santarém Jabuti

Poucos conhecem dona Maria Chagas da Santarém Jabuti, mas se falar que esta senhora é dona Pequena claro que muita gente vai buscar na memória e vai encontra-la. É ela mesmo a realizadora da Caminhada que sai a 33 anos da Comunidade Baixa da Onça, comunidade as margens da PA 433 a Santarém Jabuti e por mais de 51 quilômetros chega até a catedral de Nossa Senhora da Conceição em Santarém no dia 08 de dezembro, dia da Festa.
Mas o que quero falar de Dona Pequena? É que ela teve outra iniciativa que brotou de seu humilde e acolhedor coração. A construção de uma casa de apoio.
Dona Pequena dedicada as pequenas causas buscando apoio para conclusão de uma Casa de Apoio na Santarém Jabuti
Casa que vai servir de local as pessoas e até famílias que vem de outras comunidades para receber atendimento no Centro de Saúde. “Vi a necessidade ao visitar o Centro e vê o dia todo aquelas pessoas com fome, doente, precisando tomar um banho, comer alguma coisa e não ter um local nenhum familiar para acomodá-los” justificou Dona Pequena.
Para que se entenda na comunidade de Baixa da Onça tem um Centro de Saúde que atende as comunidades das regiões: Santarém Jabuti e Assentamento PA Moju I e II.
A construção de alvenaria foi iniciada, mas falta conclui-la. Falta a cobertura, o aterro e muitas coisas como detalhou dona Pequena.
Algumas pessoas já colaboraram com a iniciativa, mas para conclusão a comunitária espera que outros possam colaborar. Os interessados devem entrar em contato pelo fone 991029021 ou então pelo Blog do Eduardo Enrique. Qualquer ajuda será bem vinda. Pode ser em material de construção, trabalhos, dinheiro ou alimentação.
Por que essa vontade de acolhimento?
De acordo com Dona Pequena essa vontade de acolher e ajudar as pessoas vem desde sua juventude quando buscava fazer alguma coisa para fazer o bem.
Ela recorda que tomou conta de duas crianças por mais de um ano, cuidando, levando ao medico, e por falta de condições e um local adequado não pode continuar cuidando. O mesmo ocorreu com uma pessoa de idade que ela não pode continuar cuidando e ele teve que ir pra Manaus. Pelo que disse os três não vivem mais e ela então procura fazer alguma coisa para que possa compensar por aquilo que não fez.

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

Comunidade Palhal fica 04 dias sem água

Apesar das fortes chuvas que caem em nossa região, principalmente em Mojuí dos Campos, a comunidade de Palhal que fica a poucos quilômetros da sede do município conforme clamava pelo Grupo de Wattsapp o morador Ricardo durante esses dias.
Da mesma forma que clamava, hoje informou que o problema já está resolvido, mas outro problema surgiu, como descreveu Ricardo:
"4 dias sem água por um pequeno problema, e quando volta a funcionar ainda vai um "cidadão" e fala p o bombeiro mandar apenas 1:30hs de água p cada rede pq o horário é até as 18:00hs. Agora ver o tamanho da covardia, 4 dias sem água é apenas água p lavar as mãos. Vai lá vc mesmo fechar essa água p sentir e presenciar a indignação dos moradores!"
Na comunidade existe um poço e uma caixa d'água mas todo o funcionamento é feito pela Prefeitura de Mojuí dos Campos.
Segundo relato morador da Comunidade forma quatro dias de sofrimento sem o liquido precioso para banhar, cozinhar e até para beber e as cobranças ficaram difíceis por não saberem quem são os responsáveis pelo setor. Até alguns vereadores foram acionados pelos moradores, mas só hoje o pequeno problema foi equacionado.
O carro pipa colocado pela Prefeitura não deu conta de abastecer as famílias, informou o morador

“Viemos para ser mais um vereador do povo de Mojuí dos Campos” disse Beto Farinha.

Beto Farinha:"Viemos para ser um vereador do povo e estamos de coração aberto"
Foi essa a resposta do vereador Beto Farinha,PSDB a reportagem do Blog quando questionou sobre o que a população deve esperar de seu mandato.
O vereador ainda agradeceu aos 585 votos, aos amigos e a família que se dedicou em sua campanha vitoriosa.
Uma das ações esperada pela população do vereador deve ser ligada a organização do esporte e o Beto garantiu que chega para ser um vereador que busque resolver os problemas do povo tão sofrido de Mojuí dos Campos. Não quer ser vereador de gabinete, nem de plenário ou tribuna. Quer ser o vereador de ação, de realização junto com o povo sem esperar só pelo prefeito.
No esporte o vereador está atuando junto ao Internacional (clube de Mojuí dos Campos e filiado a Liga Esportiva de Santarém) que vai disputar o campeonato santareno sub 17 desse ano.

Beto Farinha foi perguntado sobre a possibilidade de colaborar para a formação da Liga Esportiva do município e garantiu que já esta em contato com pessoas interessadas e que vai estra atuando para que o processo seja acelerado e o município tenha uma entidade mentora do futebol. 

Coordenador do CRAS de Mojuí dos Campos integra chapa que vai disputar coordenação da Seccional de Santarém do Conselho Regional de Serviço Social

Raimundo Élisson (Maninho) apresentado como integrante da Chapa 01
O coordenador do Centro de Referencia de Assistência Social de Mojuí dos Campos Raimundo Élisson (Maninho) está na Chapa 01 que vai disputar a coordenação do Conselho Regional de Serviço Social - Seccional de Santarém.
Raimundo vai integrar a chapa como Tesoureiro.
Hoje pela manhã a Chapa fez uma socialização e lançamento da campanha na cidade de Mojuí dos Campos.
A chapa se apresenta como oposição ao andamento da Seccional, já que atual coordenadora acabou ficando sozinha, como relatou Raimundo.
"Propomos concorrer com o objetivo de fomentar o engajamento do assistente social em movimentos sociais, representação de classe e conselhos; garantir o pleno funcionamento da Seccional e a defesa da Categoria dos assistente sociais além de um propósito de ampliar mecanismos de debates junto a categoria e ao CRESS para a conquista de maior autonomia da Seccional de Santarém"

A chapa é composta de 06 membros. Veja como ficou a composição.




 A Seccional de Santarém do CRESS/PA-1ª REGIÃO é formada por 12 municípios: Faro, Terra Santa, Juruti, Alenquer, Oriximiná, Óbidos, Monte Alegre, Prainha, Almeirim, Belterra, Santarém e Mojui dos Campos.    

E nesta eleição devem votar votar todos os assistentes sociais destes municípios que estiverem ativos e em dias com suas obrigações junto ao CRESS/PA 1 REGIÃO.




 Além da CHAPA 01 que fez seu lançamento na manhã de hoje a eleição ainda terá Chapa 02 disputando a Coordenação.


 O Blog não teve acesso a data e local da votação